terça-feira, 10 de novembro de 2015

Resumo da novela "Chamas da Vida" de 16 a 20 de novembro de 2015

Capítulo 016, segunda-feira, 16 de novembro – Carolina diz a Walter que não se vai afastar de Pedro. Walter diz que vai fazer tudo para colocar António na cadeia. Vivi diz que Pedro e Ivonete já não estão juntos. Pedro chega a casa sujo depois da perseguição no ferro velho e encontra Ivonete. Beatriz chega ao ferro-velho de surpresa. António mostra-lhe um sorriso. Beatriz diz que veio falar com Leo. António tenta passar a mão em Beatriz. Ela vira-se para lhe dar uma bofetada. António segura-lhe na mão dela. Manu chega e bate em Beatriz. Antonio diverte-se. Jairo e Telma tentam separar as duas. Ivonete ajeita as flores na mesa. Pedro está a tomar banho. Carolina entra em casa de Pedro. Ivonete nota que Carolina está a chegar. Ivonete sobe e começa a despir-se. Carolina toca a campainha. Ivonete abre a porta e finge que não sabia que era Carolina. Carolina diz que Vivi lhe ligou. Ivonete diz que ela e Pedro estão a comemorar o aniversário de namoro deles. Carolina vai-se embora. Ivonete comemora. Guilherme prepara uma comida para Brito, Roseclair e Michele. A campainha toca, Guilherme vai à porta e depara-se com uma mulher maravilhosa que o procura. Ela dá um beijo em Guilherme. Vilma diz a Arlete que Walter nunca teve o dinheiro para pagar o terreno na fábrica em São Paulo, e que ele contava com o dinheiro do seguro do incêndio da fábrica. Arlete fica chocada. Vilma diz que elas precisam de se unir para ajudar Walter, porque ele fez um seguro exorbitante contra incêndio e pegou fogo à fábrica. Manu e António invadem a casa. António vasculha as gavetas. Manu pega numa maleta com dinheiro. Paulo, pai de Manu, aparece com uma arma. António foge com a maleta. Manu corre atrás. Paulo atira e Manu cai no chão. Paulo acende a luz, tira o capuz da “assaltante” e vê que Manuela, a sua filha, está ferida no chão. 


Capítulo 017, terça-feira, 17 de novembro – Paulo liga para a emergência porque Manu está desmaiada. Beatriz diz a Diego que se magoou no ferro-velho. Diogo fica furioso. Telma, Jairo e Marreta tentam acalmar Leo.. António diz ao grupo que Manu apanhou um tiro do pai dela e está morta. Suelen ameaça André com um vaso. André diz que não é ladrão e que é hospede. Vó Tuquinha relembra que André tinha feito uma reserva. António irrita-se com Marreta. Jairo e Telma dizem a António que Manuela está internada no hospital e que o pai dela não vai chamar a polícia. Telma diz que Manu não disse que António estava com ela no assalto. Marina da Glória chega à pensão com pão fresquinho. Catarina diz que eles têm que causar boa impressão a André. Vó Tuquinha pergunta a Pedro se é verdade que ele e Ivonete estão a dar um tempo. Pedro confirma e diz que pediu tempo porque está interessado em Carolina. Vó Tuquinha diz que entende Pedro e respeita a sua decisão. Arlete pressiona Walter para contar a verdade. Walter diz que vai contar tudo. Vilma diz a Tomás que Arlete acreditou na mentira e que acha que até o casamento de Walter está abalado. Vilma diz que vai acusar Walter aos bombeiros para que Pedro se desentenda com Carolina. Vilma diz que Tomás tem que usar Ivonete para conseguir as coisas. André diz a Suelen para gastar menos água a lavar a louça. Ivonete fala ao telemóvel, escondida. Catarina ouve e pergunta com quem ela estava a falar. Carolina chega com Demoro. Pedro acena-lhe. Rafa convida Demorô para jogar à bola. Pedro diz a Carolina que soube que ela esteve em casa dele e encontrou Ivonete. Carolina pede desculpas e ele diz que pediu um tempo a Ivonete. Carolina disfarça a felicidade. 

Capítulo 018, quarta-feira, 18 de novembro – Miguel diz que não pode ajudar Vilma. Vilma pergunta por que ele está de muletas. Ele diz que ficou assim no hospital. Vilma tenta fazer uma festa no rosto de Miguel. Ele afasta o rosto. Joaquim chama mendigo a Demorô. Demorô briga com Joaquim e vai-se embora com a bola, Rafa fica com Demorô. Guga pergunta se Vivi nunca jogou RPG. Ela diz que não. Pedro e Carolina, ouvem um trovão. Pedro diz que é melhor regressarem. Vilma diz a Miguel que sente saudade do tempo em que eles eram mais íntimos. Miguel pergunta se ela o chamou para falar do incêndio na fábrica. Ela diz que precisam de providenciar uma apólice de seguro contra incêndios. Vilma diz que precisa de falsificar uma apólice de seguro para incriminar Walter. A chuva cai com intensidade, começa a soprar o vento e Pedro e Carolina correm. Pedro diz que é melhor encontrar um abrigo. Pedro encontra uma cabana. Miguel discute com Vilma e diz que Walter não tem nada a ver com o Incêndio. Ele diz-lhe para não contar com ele. Vilma tenta seduzir Miguel, e diz-lhe que depois de tudo o que eles passaram ele tem que a ajudar. Miguel diz que gostaria de voltar ao passado. Vilma diz que deseja Miguel e tenta beijá-lo, mas ele esquiva-se. Vilma sai furiosa e vai ao wc. Vilma entra na casa de banho e incendeia a lixeira. Ao observar a chama, ela muda a expressão de raiva para prazer. 

Capítulo 019, quinta-feira, 19 de novembro – O servente apaga o fogo. Pedro confere se não tem ninguém dentro da cabana. Carolina nota que a cabana está arrumada e bonita. Pedro olha apaixonado para Carolina. Vilma diz a Dionísio que está em casa de uma amiga. Ela desliga o telefone e diz a Miguel que vai ter mais tempo para ele. Walter fica a saber que Carolina está no meio da floresta com Pedro. Tomás e Ivonete estão dentro do carro e chova com intensidade. Uma árvore cai na rua e eles não podem passar com o carro. Tomas diz a Ivonete que Vilma descobriu que Walter incendiou a fábrica. Raissa beija Junior, para Cazé ver. Mas ele nem repara. Ivonete não se conforma com o facto de Walter ter colocado fogo na fábrica. O carro deles fica atolado. Vilma diz a Miguel que vai aparecer na cabana para fazer uma visita. O clima entre Pedro e Carolina aquece. Ivonete diz a Tomas para sair e empurrar o carro. Ele cai na lama. Ivonete diverte-se. Brito prepara um jantar romântico para Roseclair. Odiléia aparece no meio do jantar, e estraga o romance. Ivonete vai ajudar Tomás e acaba por cair também na lama. Os dois divertem-se e acabam beijando-se. Pedro faz um brinde, Carolina diz que lhe deve a vida. Pedro diz que está apaixonado por ela. Os dois beijam-se. 

Capítulo 020, sexta-feira, 20 de novembro – Pedro e Carolina se beijam. Ivonete diz a Tomás que eles não deviam ter se beijado. Tomás diz que precisa casar com Carolina mesmo sem gostar dela. Vivi, Rafa, Guga, Demorô e Cintia acendem velas e usam lanternas para iluminar a casa. Cazé diz que o namoro de Raissa e Junior é uma surpresa. Raissa provoca ciúmes em Cazé. Um papel de Suelen começa a pegar fogo. Cazé apaga o fogo rapidamente. André consola Suelen. Ivonete esconde Tomás na pensão. Suelen diz a Ivonete que Pedro levou Carolina para passear na reserva. Tomás fica escondido no quarto de Ivonete. Vivi fica furiosa com Beatriz porque ela autorizou Guga a dormir em sua casa. Ivonete entra no quarto de Vó Tuquinha para arranjar roupa de Wallace para Tomás. Catarina espia Ivonete. Pedro e Carolina beijam-se. André fica nu no lado de fora do quarto. Catarina acende a lanterna. Vó Tuquinha pede explicações a André. Brito apanha Odiléia a assaltar o frigorífico. Ivonete diz para Tomás que está com vontade de dizer para a pensão inteira que foi Walter quem deitou fogo à fábrica. Tomás diz para ela contar apenas a Pedro. Beatriz chega à pensão para buscar Guga e diz que Vilma ficou irritada quando soube que ele ia dormir em casa de Vivi. Antonio chega a casa bêbado e vê Beatriz. Tomás sai do quarto com roupas de Wallace. Vó Tuquinha acha que está a ver Wallace e desmaia. Ivonete socorre-a. Tomás vai –se embora. Ricardo e Verônica vêem Tomás a saír da pensão. Antonio agarra Beatriz e Guga tenta separá-los. Rafa diz que vai contar a Pedro que Antonio está bêbado.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo