terça-feira, 17 de novembro de 2015

Resumo da novela "Chamas da Vida" de 23 a 27 de novembro de 2015

Capítulo 021, segunda-feira, 23 de novembro – Ivonete diz a Pedro que Walter colocou fogo na fábrica. Pedro diz-lhe para não dizer disparates. Ela diz que se a fábrica pegasse fogo, ele iria receber muito dinheiro. Pedro pergunta quem passou a informação. Ela diz que não interessa. Carolina diz a Arlete que está apaixonada por Pedro. André e Miguel andam pela mata à procura de Carla. Antonio, vestido de médico, entra no quarto de Manu. Ele beija Manu. Antonio dá-lhe roupa para ela se vestir. Paulo vê Manu a fugir. Antonio dá um golpe de gravata, a Paulo. Manu foge. Paulo escapa-se e bate em Antonio. Paulo cai e bate com a cabeça. Antonio baixa-se para pegar no relógio e repara que Paulo não está a respirar. Antonio desespera. Antonio foge do hospital numa ambulância com o corpo de Paulo dentro. Eurico diz a Pedro que têm que apurar se foi mesmo Walter que colocou fogo na fábrica. Antonio, a chorar compulsivamente, pára numa estrada deserta e esconde o corpo de Paulo no mato. Ivonete diz a Vó Tuquinha que Tomás esteve na pensão atrás de Carolina. Vó Tuquinha diz que quer a farda de Wallace de volta. Carla reaparece na pensão. André repara que ela não está bem. Manu e Marreta, bêbados, conversam no ferro-velho. Antonio tenta disfarçar o nervosismo. Tomás liga para Pedro. Roberto diz a Roseclair que a fábrica tem um inimigo disposto a acabar com ela. Antonio e Manu entram em casa de Pedro. Junior diz a Eurico que ele prefere Pedro ao próprio filho. Eurico dispensa Junior. Manu fala mal do pai. Antonio manda-a calar. Antonio pega a chave do carro de Pedro e sai para ver o corpo de Paulo. Antonio coloca o corpo de Paulo na mala do carro. Antonio enterra Paulo no ferro-velho e volta para casa. Vilma recebe todos para o jantar em sua casa. Dionísio fica contente porque Roberto está presente. Beatriz não entende o que Ivonete está lá a fazer. 


Capítulo 022, terça-feira, 24 de novembro – Carolina diz que não pode aceitar o pedido e Ivonete diz que ela não quer casar porque dormiu com Pedro. Pedro manda Ivonete calar-se e avisa que foi Tomás quem arranjou isso tudo. Walter diz que Pedro está a acabar com o futuro de Carolina e manda-o deixar a sua família em paz. Carolina defende Pedro. Pedro acusa Walter de ter assassinado Wallace e deitado fogo à fábrica. Tomás faz-se cínico e defende Walter. Tomás dá um soco em Pedro e os dois lutam. Diego segura Tomás e Guilherme segura Pedro. Pedro pede desculpa a Carolina e vai-se embora. O polícia Xavier pressiona Antônio para dizer onde está Manu. António diz que não sabe de nada, mas o polícia diz ter a certeza de que ele está envolvido no caso. O polícia Xavier sai. Manu fica preocupada com a história de que o seu pai desapareceu. Antônio diz que isso deve ter sido arranjado pelos pais de Manu, só para a pressionar. Walter sente-se mal e Arlete tenta acalmá-lo. Ivonete diz estar com ódio de Walter e Vilma incentiva-a a tirar satisfações dele. Ivonete acusa Walter chama-lhe assassino.Walter defende-se e Carolina diz que Ivonete não pode acusar ninguém sem provas. Roberto tenta acalmar Ivonete e leva-a dali. Vilma diz que está transtornada com o que aconteceu e Tomás avisa que vai provar a inocência de Walter. Antônio e Manu bebem e resolvem ir ao ferro-velho. Brito agarra num fatinho de roseclair e cheira-lhe a fumo. Margareth diz que Roseclair deve estar a fumar às escondidas mas Brito desconfia de que a mulher o está a traír. Walter pergunta quem contou a Pedro acerca do seguro e Vilma diz que foi Ivonete. Vilma diz que não vai descansar descansará até descobrir quem passou esta informação a Ivonete. Diego puxa Beatriz pelo braço e diz que não quer mais que ela ande com Léo e Guilherme. 

Capítulo 023, quarta-feira, 25 de novembro – Pedro diz que Antônio não tem moral para proibir seja o que for e avisa que Carolina não tem culpa dos actos do pai. Antônio insiste em culpar Walter e avisa que não aceitará Carolina dentro de sua casa. Tomás chama a atenção dos funcionários da fábrica e diz que as acusações contra Walter são absurdas. Verônica, Suelen, Raíssa, Ricardo e Roseclair dizem que vão apoiar o presidente. Brito vai à fábrica e vê uma cigarreira na mesa de Ricardo. Ele cheira os cigarros e desconfia de que Ricardo seja o amante de Roseclair. Verônica e Ricardo estranham o comportamento de Brito. Eurico repreende Pedro por ele ter acusado Walter sem provas. Pedro pede desculpa, mas Eurico diz que ele traiu sua confiança. Brito diz a Guilherme que Roseclair está a traí-lo. Ele pede para o filho o ajudar a descobrir a verdade. Brito diz que precisa reconquistar Roseclair e avisa que quer tornar-se num metrosexual. Ivonete incentiva Vó Tuquinha a romper a amizade com Arlete. Vó Tuquinha avisa que não vai fazer isso e diz para Ivonete cuidar da vida dela. Tomás avisa Diego que Antônio vai levar um correctivo por se ter metido com Beatriz. Antônio diz que está com dor de cabeça e toma o remédio de Manu. Ele avisa que irá ao ferro-velho para pressionar Marreta a arranjar o carro. Arlete e Carolina conversam com o médico e ele avisa que Walter está fora de perigo. Vilma vai ao hospital e faz-se de vítima por ter organizado o jantar de noivado. Júnior faz pouco de Pedro por ele ter sido repreendido por Eurico e culpa-o pela morte de Wallace. Pedro atira-se a Júnior e Cazé tenta acabar com a briga. Eurico chega e Pedro pede desculpa novamente. Eurico adverte os dois e Pedro diz que não sabe o que está a acontecer com ele. Vilma manda Tomás ir para o hospital consolar Carolina. 

Capítulo 024, quinta-feira, 26 de novembro – Carolina bate em Tomás. Carolina diz a Antonio que Tomás se aproveitou ela estar a dormir e beijou-a. Pedro manda Antonio calar-se. Pedro e Tomás discutem. Brito vê o telemóvel de Roseclair para saber se ela tem um amante. Vilma e Miguel bebem vinho na cama. Tomas manda Pedro sair do hospital, porque Walter pode piorar se o encontrar. Pedro diz que está no hospital para cuidar de Antonio. Arlete avisa Gildete que vai visitar Walter ao hospital. Raissa coloca fogo para chamar a atenção de Cazé. Junior diz a Raissa que Cazé não liga para ela. O médico dá alta a Walter. Jornalistas invadem o hospital. Arlete assusta-se. Os repórteres fazem perguntas a Walter sobre o incêndio. Ele diz que é inocente. Tomás vê Antonio e Pedro a sair do hospital. Ele diz à imprensa que Antonio é o incendiário. Antonio diz à imprensa que o culpado foi Walter. André tira fotos de animais e plantas da reserva de Tinguá. Carla encontra uma pegada de onça. André pede que ela se acalme, quando ambos ouvem um rugido. Os dois correm. Pedro chega a casa com Antonio e vê Manu. Ele diz que vai chamar a polícia. Manu vai-se embora. Pedro diz a Antonio que não quer mais Manu em casa deles. Carla tropeça num fio e magoa-se. André diz que o fio foi deixado pelos palmiteiros. André e Carla são perseguidos por caçadores. Pedro diz a Guilherme que o mesmo incêndio que o uniu a Carolina, pode separá-los. Pedro pede a Guilherme para ir à cabana no meio da reserva para repor as coisas que ele usou no dia da tempestade. Manu diz a Marreta e a Antonio que o pai dela desapareceu. André cai num buraco. Miguel ajuda-o. André diz a Miguel que têm que encontrar Carla. Eles vêem Carla a chorar porque os cães atacaram uma onça. Tomas diz a Walter que foi Pedro quem chamou a imprensa. Walter diz a Carolina que quer que ela fique longe de Pedro. 

Capítulo 025, sexta-feira, 27 de novembro – Carolina diz a Pedro que não se vai afastar dele, mas pede-lhe que disfarcem o namoro para poupar a saúde de Walter. Ele aceita. Miguel rende Guilherme, que se apresenta como bombeiro. Miguel diz que fica na mata a espantar os caçadores. Guilherme devolve as coisas que Pedro levou da cabana para Miguel. Miguel agradece. Tomas bebe champanhe com Ivonete e fica encantado. Ele beija-a. Ivonete pega nas suas coisas e vai-se embora. Manu e Antonia chegam ao ferro-velho. O polícia Xavier esconde-se num carro. Manu diz a Antonio que viu ele misturar bebidas alcoólicas com remédios. Xavier diz a Manu que ela tem que o acompanhar à polícia para esclarecer o desaparecimento do pai dela. Antonio vai-se embora para casa e esconde de Paulo, um relógio que roubou. Miguel diz a Guilherme para não contar a ninguém que ele mora na mata. Vilma diz a Miguel que sabe que ele tem que ficar escondido na mata. Ele fica irritado e desliga-lhe o telemóvel. Pedro chama Antonio para jantar. Antonio nega-se e os dois discutem. Pedro sai. Antonio diz que precisa de dormir e toma os calmantes de Manu. Leo diz a Marreta que gosta de Manu. Marreta segura Leo pelo colarinho. Odileia diz a Margareth que um amigo dela vai jantar com eles. Brito diz que espera que seja um bom partido. Odileia diz que vai ser uma surpresa. Guga vai à festa escondido. Dionisio e Darlene ajudam-no. Pedro diz a Vivi e Cintia que não podem beber nada alcóolico na festa e muito menos aceitar coisas de estranhos. Ricardo chega para jantar, em casa de Brito, a convite de Odiléia. Ricardo nota que Brito está a passar mal. Odiléia cumprimenta Ricardo. Brito diz a Margareth que vai vingar-se de Ricardo e põe pimenta na comida dele. Cintia entrega documentos falsos a Guga e a Vivi. Guga assusta-se. Vivi diz a Guga que na festa não entram menores de idade. Leo chega na discoteca com Marreta, Manu, Jairo e Telma.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo