sábado, 23 de setembro de 2017

Resumo da novela "Os Dez Mandamentos" de 25 a 29 de setembro de 2017

Capitulo 045, segunda-feira, 25 de setembro – Leila revela para Moisés que Anrão e Joquebede são seus pais e vivem no Egito. Ele diz que quer conhecê-los e pede para Leila ajudá-lo a se disfarçar de hebreu. Eliseba e Arão se beijam sob a luz da estrelas. Moisés acorda Nefertari para contar algo inacreditável. Leila conta para Uri sobre a revelação que fez a Moisés. Nefertari se mostra chateada com a busca de Moisés pela sua verdadeira origem e o alerta para não ir à vila dos hebreus no meio da noite, mas ele sai decidido. Arão fica feliz ao ver Amália mais feliz. Nefertari comenta com Karoma que Moisés está prestes a fazer uma besteira. Ikeni vai com Bakenmut à Casa de Senet, mas se recusa a conhecer uma das garotas em respeito ao seu sentimento por Karoma. Arão é questionado por Eleazar sobre sua falta de fé em Deus. Moisés pede para Uri acompanhá-lo até à casa de Joquebede. Anrão e Miriã conversam descontraídos antes de dormirem. Eliseba intervém e diz para o filho que Arão só ficou chateado com Deus. Anrão agradece a Deus por estar com a família. Moisés e Uri caminham vestidos de hebreus pela rua. Eles avistam Apuki passando bêbado e se escondem. Bakenmut bebe demais e conta para Ikeni que se deitou com a rainha Tuya. Apuki tenta forçar Judite a deitar-se com ele. Ela o empurra e foge de casa. Yunet conversa com Nefertari e a moça esconde a preocupação com Moisés. Judite vai até a casa de Leila e pede ajuda a Abigail. Moisés chega com Uri até a casa de Joquebede e pede para entrar a sós. Ele reencontra a família e todos eles se abraçam emocionados. Uri conta para Abigail que Moisés está reencontrando os verdadeiros pais. Miriã, Joquebede e Anrão explicam como Moisés conseguiu sobreviver ao decreto do faraó. Abigail fica surpresa ao saber que Leila revelou a verdade para Moisés. Miriã avisa Arão que Moisés está em sua casa, mas ele se recusa a encontrar o irmão. Henutmire tem um pesadelo e acorda assustada. Anrão, Miriã e Joquebede ficam emocionados ao ouvirem Moises dizer que não é justo viver em todo o conforto do palácio enquanto seus pais e seu povo passam necessidades. 


Capitulo 046, terça-feira, 26 de setembro – Moisés acorda feliz e disposto. Karoma percebe que Nefertari está angustiada. Yunet pergunta a Bezalel sobre sua mãe. Enquanto executa as tarefas na cozinha do rei, Gahiji nota que Leila está tensa. Acompanhado de Paser e Simut, Seti faz seu ritual matinal. Hur pergunta por que Uri está tão sonolento. Bakenmut não se lembra de ter contado para Ikeni que se deitou com a rainha Tuya. Ramsés questiona onde Moisés esteve na noite anterior. Miriã conta para Anrão e Joquebede que Arão se recusou a encontrar Moisés. Arão diz para Eliseba que o mundo de Moisés é outro. Hur fica preocupado com descoberta de Moisés. Judite acorda Apuki e se desentendem logo cedo. Moisés confessa para Ramsés que descobriu o papiro com o decreto da morte dos bebês. Arão se recusa a falar sobre o irmão com Anrão. Moisés diz para Ramsés que não pode abandonar os pais hebreus. Henutmire comenta com Yunet sobre o pesadelo que teve durante a noite. Miriã e Abigail falam cobre Zelofeade. Nefertari não gosta da busca de Moisés pela sua verdadeira família e diz que seu lugar é no palácio. Joquebede fica preocupada com as possíveis consequências da aproximação de Moisés. O príncipe hebreu procura Leila na cozinha do palácio para agradecê-la pelo que fez. Desconfiado, Gahiji pressiona Leila para contar a verdade. Henutmire não entende o jeito frio como Moisés lhe abraçou. Nefertari se abre com Paser e conta que Moisés descobriu sua verdadeira família. Gahiji fica pasmo ao saber que Leila revelou a verdade para Moisés. Apuki ameaça chicotear Eldade. Moisés flagra o feitor surrando um homem e o proíbe de maltratar qualquer escravo a partir de agora. Nefertari pede ajuda a Ramsés para convencer o namorado a desistir de procurar a família. Moisés fica chocado com os maus tratos sofridos pelos hebreus. Paser pede para Disebeck ir até sua sala. Os sacerdote conta que Moisés já sabe quem são seus verdadeiros pais e está revoltado com a condição de seu povo. Miriã fica orgulhosa ao saber que Moisés protegeu Eldade. Uri pede para Moisés não chamá-lo de volta à vila dos hebreus. Apuki reclama com Panahasi sobre a forma como foi tratado pelo príncipe. Anrão briga com Arão e manda não falar mal de Moisés. Disebek tenta convencer Moisés a esquecer a ideia de procurar a família hebreia, mas o príncipe se mostra decidido a tomar uma atitude. 

Capitulo 047, quarta-feira, 27 de setembro – Moisés conversa com Disebek e se mostra insatisfeito com os maus tratos sofridos pelos hebreus. Eldade fica chocado ao ouvir Abigail dizendo que Moisés é filho de Joquebede. Moisés pergunta qual seria a atitude de Disebek caso ele resolvesse ajudar o povo hebreu. O general diz não ter resposta. Nefertari desabafa com Karoma dizendo que preferia que os verdadeiros pais de Moisés tivessem morrido. Henutmire fica chocada ao descobrir que o filho soube de toda a verdade. Moisés pede para Gahiji preparar uma cesta com comida para levar para a família hebreia. Disebek diz para Henutmire que Nefertari não está apoiando Moisés. Yunet ameaça Leila dizendo que Moisés será expulso do palácio. Nefertari não concorda com Moisés e diz que se ele a ama, deverá esquecer os hebreus. Henutmire pede ajuda a Ramsés para tentar fazer Moisés mudar de ideia. Joquebede aguarda ansiosa pela volta do filho. Eldade comenta com Abigail que está feliz por ter sido defendido por Moisés. Eliseba explica para Amália que Arão não acredita que Moisés deixará o luxo do palácio por causa de uma família de escravos. Ramsés tenta convencer Moisés a não se envolver muito com os escravos, mas ele se mostra decidido. Nefertari conta para Henutmire que o namorado visitará novamente a família hebreia. A filha do faraó implora para Moisés não castiga-la desta maneira. O príncipe hebreu abraça Henutmire e diz que precisa ir. Paser sugere a Disebeck que contem ao rei sobre a descoberta de Moisés. Receoso, o general pede para o sacerdote não contar nada a Seti. Leila conta para Uri e Hur que Yunet a usou para contar toda a verdade a Moisés. Yunet finge estar preocupada e revela à Tuya que Moisés já sabe de tudo. A rainha procura o faraó e avisa que algo grave aconteceu. Henutmire pede a Disebeck para leva-la até Joquebede. Seti ordena que Bakenmut e Ikeni tragam Moisés imediatamente. Miriã, Joquebede e Anrão aguardam ansiosos pelo retorno de Moisés. Apuki reclama com Judite pela forma como Moisés trata os escravos. Bakenmut e Ikeni impedem que Moisés deixe o palácio. Yunet alerta Nefertari sobre o futuro pobre que ela terá ao lado do namorado. Seti proíbe Moisés de encontrar os hebreus. O príncipe enfrenta o faraó e Ramsés intervém. Henutmire pede ajuda à Yunet. Disebeck pede a Ikeni para acompanhar Henutmire à vila dos escravos. Ramsés alerta Moisés sobre a fúria do rei. Acompanhada de Yunet e Ikeni, Henutmire se prepara para deixar o palácio. Amália sente tontura e passa mal. Henutmire, Yunet e Ikeni caminham em direção à casa de Joquebede. Angustiado, Moisés pede alguma resposta a Deus. Henutmire chega à casa de Joquebede, que fica surpresa com a visita da princesa. 

Capitulo 048, quinta-feira, 28 de setembro – Henutmire entra na casa e informa que oficiais a aguardam do lado de fora. Anrão diz que ninguém irá fazer nada contra ela. Henutmire questiona se todos estão dispostos a um sacrifício para salvar Moisés. Amália sente dores na barriga e Eliseba ajuda a acamá-la. Eldade deixa Arão preocupado ao alertar que avistou oficiais guardando a casa de Joquebede. Henutmire conta que se Moisés insistir em aproximar-se da família hebreia, Seti poderá matá-lo. Joquebede sofre e fica inconformada com a gravidade da situação. Henutmire afirma que a fuga de toda a família hebreia é a única forma de manter Moisés afastado e se propõe a ajudá-los. Preocupado, Disebek exige que Ramsés não comente com Moisés que Henutmire foi encontrar a família dele. Moisés entrega uma cesta de comida para Leila e pede para ela informar à família que não irá abandoná-los. Paser se espanta ao saber que Henutmire e Yunet foram à vila dos hebreus. Joquebede chora e é consolada por Miriã. Arão fica surpreso ao saber da visita de Henutmire e teme o futuro da família após a proposta de fuga. Joquebede se revolta com as palavras de Arão contra Moisés, mas ele duvida que o irmão enfrente o faraó para salvá-los. Henutmire desconfia que a família de Moisés não aceitará fugir e repreende Disebek ao vê-lo com a intenção de matá-los. Nefertari se preocupa ao ouvir Yunet dizer que a vida de Moisés no palácio está com os dias contados. Moisés interrompe a conversa entre Henutmire e Seti dizendo que precisa falar com o rei. Gahiji permite que Leila entregue a cesta para a família de Moisés, mas aconselha cuidado e discrição. Moisés pede que Seti não faça nenhum mal contra os familiares hebreus. Seti concorda, mas com a condição de que o príncipe não force uma aproximação. Moisés agradece pela generosidade e jura lealdade ao soberano. Henutmire fica aliviada por Moisés não ter enfrentado o rei. Seti pede que Disebek coloque um oficial acompanhando o príncipe nas obras para que não seja surpreendido. Paser tenta amenizar a situação, mas o rei conta que não se convenceu da fidelidade de Moisés. Disebek ordena que Bakenmut não perca Moisés de vista. Eliseba adverte Arão ao ouvi-lo reclamar com raiva de Moisés. Hur tranquiliza Henutmire ao dizer que não revelou nada para Moisés sobre a família hebreia. Leila avisa Joquebede, Anrão e Miriã que Moisés fará de tudo para protegê-los. Apuki recebe a visita de Joel e promete ajudá-lo ao descobrir que o amigo está desempregado. Ramsés deixa Nefertari preocupada ao duvidar que Moisés tenha desistido de procurar os familiares hebreus. Arão provoca Joquebede ao encontrar a mesa farta de comidas enviadas por Moisés. Anrão acalma a discussão entre os dois e sai com o filho para a obra. Paser fica tenso ao pressentir que Moisés irá atrás da família hebreia. Hur e Uri recomendam que Leila pare de ajudar Moisés. Arão avista Joel às gargalhadas com Apuki e o encara. Ao saber que Leila está ajudando Moisés, Abigail se surpreende. Vigiado por Bakenmut, Moisés observa o sofrimento dos hebreus escravizados e se esforça para conter a revolta. Henutmire confessa para Yunet a suspeita de que Moisés não abandonou a ideia de se distanciar dos familiares hebreus. Joquebede diz que Amália precisa se alimentar e lhe entrega frutas. Miriã desconfia que Moisés seja o libertador que Deus enviou para tirar os hebreus da escravidão. Apuki autoriza que Panahasi leve Arão para ajudá-lo em outra obra e Anrão se preocupa. Moisés decide chegar de surpresa na obra para inspecionar como Apuki está agindo e ordena que Bakenmut não o acompanhe. No caminho para a obra, Arão responde as provocações de Panahasi e é chicoteado. Moisés vê a agressão, pega a espada e crava na barriga do egípcio, matando-o na hora. Surpreso com a atitude, Arão é reconhecido por Moisés e o deixa espantado ao se apresentar como irmão dele. 

Capitulo 049, sexta-feira, 29 de setembro – Moisés diz para Arão que Anrão já havia contado do parentesco. O príncipe confirma que Panahasi está morto e Arão ajuda a enterrá-lo. Arão fala para Moisés sumir antes que seja flagrado e o agradece pelo salvamento. Bakenmut percebe a tensão de Moisés e questiona se houve algum problema. O príncipe nega e o chama para acompanhá-lo na obra. Arão chega bastante ferido e assusta Joquebede, Eliseba e Amália. Joel fica intrigado ao ver Moisés trocar olhares com Anrão na obra. A sós, o príncipe avisa o pai que não vai abandonar a família. Moisés se afasta e Anrão desconversa ao ser questionado por Joel sobre o assunto entre eles. Henutmire pressente que está perdendo Moisés e Nefertari a consola. Ao saber que Moisés matou um egípcio para salvar Arão, Joquebede se choca. Joquebede, Eliseba e Amália após ouvirem Arão chamando Moisés de irmão. Gahiji fica preocupado com a possibilidade de Seti descobrir que ele preparou comidas para hebreus. Hur toma coragem e revela para Uri que quase beijou Henutmire. Paser se impressiona ao ver a satisfação de Yunet com uma possível desgraça de Moisés. Disebek se irrita por Bakenmut ter deixado Moisés sozinho e descobre que o príncipe conversou com Anrão. Yunet finge estar preocupada com a situação de Moisés. Ramsés chega e estranha ao vê-los juntos. Sozinhos, Moisés assusta Ramsés ao confessar que matou um egípcio. Yunet escuta a revelação escondida e se alegra. Henutmire se desespera por saber que Moisés procurou o pai na obra. Disebek compreende a dor da esposa e abraça. Ramsés recomenda que Moisés vá a obra como se nada tivesse acontecido e disfarce a preocupação no palácio. Joquebede deixa Miriã nervosa ao revelar que ocorreu uma tragédia. Anrão descobre que Moisés matou Panahasi e teme a fúria de Apuki ao dar falta dele. Apuki conta para Joel que Anrão é protegido de Moisés e o deixa desconfiado. Moisés procura Leila e é informado que Henutmire esteve na vila dos hebreus. O príncipe fica revoltado ao saber da proposta de fuga para afastá-lo da família hebreia. Paser fica pasmo ouvir Yunet revelando que Moisés matou um egípcio. Nefertari avisa que se Moisés insistir na aproximação como o povo hebreu a relação entre eles irá se complicar. Decidido, o príncipe a deixa pasma ao propor o término da relação. Paser se nega a participar do plano de Yunet para denunciar Moisés à Seti. Yunet ameaça Paser dizendo que o rei não irá perdoá-lo quando souber que ele sabia do assassinato e omitiu. Nefertari confessa para Moisés que acreditava ser a mulher da vida dele e tira o anel de noivado com raiva, saindo chorosa. Joquebede padece ao pensar que Moisés e Arão correm perigo e é amparada por Miriã. Disebek sente que Ramsés e Moisés escondem um segredo. Seti fica furioso ao imaginar que Moisés pode ser tornar líder dos hebreus e causar uma revolta no Egito, deixando Tuya pensativa. Karoma se sensibiliza ao ver Nefertari triste pelo fim do noivado com Moisés. Anrão pede que Joquebede confie em Deus, pois tudo dará certo. Paser mente para Seti que teve um sonho onde Moisés era traidor e provocava uma rebelião de hebreus contra o rei. Ramsés e Disebek ficam pasmos e defendem o príncipe. Paser explica que o falso sonho mostra Moisés matando um egípcio e conta foi possível ver onde o corpo foi enterrado. Disebek olha assustado para Ramsés e percebe que tudo pode ser verdade. Seti considera a acusação muito grave e o sacerdote sugere que o rei mande oficiais até o local para que confirme a suspeita.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo