sábado, 17 de fevereiro de 2018

Resumo da novela Os Dez Mandamentos de 19 a 23 de fevereiro de 2018

Capitulo 150, segunda-feira, 19 de fevereiro – Corá agradece os filhos por terem conseguido roubar o cajado de Moisés, mas as crianças respondem contrariadas. Henutmire tira satisfação com Ramsés, mas o faraó não dá ouvidos à irmã. Leila confessa a Gahiji o seu medo pela volta de Yunet ao palácio. Ramsés se sensibiliza com o desespero de Henutmire e ampara a irmã. Hur se mostra desesperado pelo que Yunet pode fazer contra Henutmire e deixa Uri preocupado, já que ela pode fazer algo contra o seu pai para atingir a princesa. Janes e Jambres fazem testes no cajado de Moisés para descobrir o seu verdadeiro poder. Nefertari explica para Amenhotep o retorno de Yunet para o palácio e deixa o menino confuso. Karoma orienta Radina a tomar cuidado com Yunet e deixa a serva receosa. Meketre e Tais conversam sobre as pragas e a egípcia diz que somente terão paz novamente quando o faraó libertar os hebreus. Os dois discutem e Meketre diz a Tais que não quer que ela leve os filhos à vila escondendo que, no fundo, tem medo do encontro das crianças com Bak. Tais conta que encontraram com Bak na vila e que o rapaz os tratou com frieza, deixando Meketre aliviado. Apuki revela a Jairo que está desanimado com o faraó, que não consegue combater o Deus dos hebreus e que preferia que os escravos partissem do Egito. Joquebede, Inês, Miriã e Abigail falam sobre o casamento de Deborah. Paser diz a Simut que o cajado não tem poder algum, mas pode despertar ainda mais a ira do Deus dos hebreus. Emocionado, Paser abraço Simut e diz que estão desamparados pelos deuses. Assir e Elcana escutam uma conversa de Moisés, que diz que o maior problema não foi o roubo do cajado, mas por haver um traidor entre eles. Os meninos se olham temerosos e se afastam. Yunet entra no quarto de Henutmire completamente adornada e bela e pergunta triunfante para a princesa como ela tem passado.


Capitulo 151, terça-feira, 20 de fevereiro – Ramsés questiona Yunet e ela diz que ouviu uma conversa em que Henutmire planeja fugir com a ajuda de Moisés, deixando o faraó com ódio. Henutmire arruma os pertences com a ajuda de Leila e é flagrada por Ramsés. Moisés conta para Joquebede e Miriã que Deus castigará os animais dos egípcios na nova praga. Mãe e filha se espantam ao saberem que Henutmire quer morar na vila dos hebreus. Leila sai e Ramsés avisa que a irmã não a deixará ir embora. Henutmire mostra-se decidida e afirma que o Deus hebreu irá protegê-la. Furioso, o rei ordena que os guardas prendam a princesa. Yunet sorri vitoriosa ao ver Henutmire indo para a prisão. Moisés, Joquebede e Miriã se preocupam com o risco que a princesa corre ao ser descoberta por Ramsés. Hur fica desesperado com a situação de Henutmire e Leila desconfia que Yunet esteja envolvida na história. Nefertari estranha ao encontrar Ramsés enfurecido. O faraó conta que foi traído por Henutmire e já mandou prendê-la. Karoma ouve a conversa entre os dois e revela a atitude do rei para Leila. Henutmire chega à prisão e chora desesperada. Moisés conta para Arão e os sobrinhos que Yunet entregou o cajado para Ramsés. Itamar supõe que alguém a ajudou e Oseias diz que há um traidor entre os hebreus. Eliseba e Inês tentam imaginar como vai ser a vida no deserto rumo a Canãa. Arão teme que Ramsés reaja violentamente ao saber do plano de Henutmire. Meketre vê que as obras estão paradas por causa das pragas e lamenta a crise nos negócios. Bezalel encontra o comerciante e diz que Bak ainda está chateado, deixando-o mexido. Hur tenta convencer Ramsés a libertar Henutmire e o rei questiona se o joalheiro também irá traí-lo. Yunet implora para que Nefertari a perdoe. Irritado com a demora da resposta, Ramsés demite Hur e o expulsa do palácio. Zelofeade, Bezalel e Aoliabe são alvos da ira dos egípcios. Nefertari aceita se reconciliar com Yunet. Paser e Simut ficam aflitos ao descobrirem que Henutmire está presa. Judite e Ana ficam enojadas ao verem Apuki e Jairo chegando em casa bêbados. Safira percebe que Assir e Elcana estão tensos e questiona os sobrinhos. Henutmire e Hur se emocionam ao se reencontrarem. A princesa fica chocada com a notícia de que o companheiro foi expulso por Ramsés. Leila se espanta ao saber que será dama de companhia de Yunet, tendo que servi-la. Ramsés se reúne com os magos e sacerdotes para tentarem evitar a nova praga. Leila tenta contestar Yunet, mas ela revela que é dona de tudo que já pertenceu a Henutmire. Hur sofre ao ter que se despedir de Henutmire. Meketre avisa Ramsés que os negócios estão em crise por conta das pragas e o rei tenta tranquilizá-lo. Abigail suspeita que esteja grávida. Leila confessa para Uri que não sabe se vai conseguir aguentar trabalhar para Yunet. Uri se impressiona ao saber que Hur sairá do palácio e é chamado por Ramsés. Paser pede que Nefertari interfira na decisão de Ramsés e ajude Henutmire. A rainha se nega a ajudá-la e assume que quer ver Moisés sofrer por ter a rejeitado, deixando o sacerdote aterrorizado.

Capitulo 152, quarta-feira, 21 de fevereiro – Paser se surpreende com a atitude de Nefertari e alerta a filha sobre o caráter de Yunet. Safira pressiona os sobrinhos e Assir e Encana confessam que roubaram o cajado de Moisés. Ramsés questiona Uri ao perguntar se agiu certo em expulsar Hur do palácio. Em conversa com Karoma, Leila lamenta a decisão de Yunet. Uri promete permanecer ao lado de Ramsés e diz negar o Deus dos hebreus. Enquanto executa seus afazeres, Leila é humilhada pela mãe da rainha. Paser visita Henutmire na cela. Uri se mostra firme na decisão de permanecer ao lado dos egípcios. Leila se arrisca e decide visitar Henutmire. A hebreia pede a Gahiji para preparar uma cesta com alimentos para a princesa. Moisés se abre com Oseias e diz sentir falta de Zípora e dos filhos. Ana e Judite lamentam o comportamento de Apuki. Joquebede sugere que Miriã tire Hur do coração. Eleazar conta a história de José do Egito para Fineas dormir. Nadabe, Abiú e Itamar sonham com suas futuras esposas. Arão e Eliseba fazem juras de amor. Ramsés conta para Nefertari sobre a nova ameaça de Moisés. Simut tenta reanimar Paser. Yunet e Bakenmut se beijam às escondidas. Assir e Elcana vão ao encontro de Corá. Eles pedem para o pai devolver o cajado de Moisés. Corá avisa que o objeto já está nas mãos do faraó. O traidor se irrita ao perceber que as crianças contaram o segredo. Leila pede para Karoma ajuda-la a visitar Henutmire. Meketre avisa que não quer mais Judite e Ana trabalhando para sua família. Zelofeade e Abigail conversam sobre o futuro dos escravos. Ikeni ajuda Leila a se aproximar de Henutmire. Corá vai até a casa de Joquebede para falar com Moisés. Ele assume o roubo do cajado. Leila encontra com a princesa na cela do palácio. Envergonhado, Corá deixa a casa de Joquebede. Moisés diz para Oseias que não confia no rapaz. Yunet pede para Bakenmut vetar toda a comida destinada à princesa Henutmire. A família de Moisés permanece ansiosa com a chegada da nova praga. Bakenmut e Ikeni presenciam a morte do cavalo do rei. Ramsés se desespera ao ver seu animal sem vida. Um egípcio não acredita ao notar que todo o rebanho está morto. Os animais dos hebreus não são atingidos pela praga. Tais se desespera ao perceber que a gata Mekal está desfalecida. O faraó faz carinho em seu cavalo morto e esbraveja enfurecido.

Capitulo 153, quinta-feira, 22 de fevereiro – Nefertari se apavora ao saber que todos os animais estão morrendo. Ramsés diz que Moisés não irá impedi-lo de nada e decide manter o cortejo. Paser avisa que o touro sagrado morreu e Ramsés se desespera. Inconformado, o rei cancela tudo e decreta luto em todo o Egito. Hur fica emocionado ao entrar pela última vez na oficina do palácio. Simut entrega o cajado para que Hur devolva-o a Moisés. Yunet reclama do cancelamento do cortejo e descobre que Hur está de saída do palácio. Bakenmut proíbe os guardas de alimentarem Henutmire. Leila, Chibale e Gahiji se emocionam na despedida de Hur. Arão afirma que Ramsés está descobrindo da pior maneira que nenhum deus egípcio pode ajudá-lo. Tais, Hori e Meryt se entristecem com a morte de Mekal, enquanto Meketre demonstra preocupação. Judite avisa Ana, Jairo e Apuki que a cidade está cheia de animais mortos. Hur caminha, com o cajado de Moisés, para longe do palácio. Safira reclama da maneira como Bina educa os filhos. Moisés conta para os familiares sobre a tradição dos egípcios em venerar animais tidos como deuses. Ramsés fica sabendo que na vila dos hebreus nenhum animal foi morto. Meketre avisa que irá falar com o rei. Irritada coma morte de Mekal, Tais avisa Ana e Judite que não precisará mais dos serviços delas. Ikeni avisa Meketre que o faraó não irá recebê-lo. Nefertari diz palavras de apoio ao marido. Abigail passa mal e é amparada por Deborah. Hur chega à vila dos hebreus e reencontra Bezalel. Paser conversa com Amenhotep sobre a situação do Egito. Hur é apresentado a Deborah. O joalheiro conta para Abigail que foi expulso do palácio. Nefertari atende aos pedidos de Yunet. Leila conversa com Uri e acalma o marido. Arão mostra-se esperançoso com a situação dos escravos. Hur devolve o cajado para Moisés e avisa sobre a prisão de Henutmire. Um oficial egípcio ajuda Gahiji a entrar na cela onde está a princesa. O cozinheiro entrega alimentos para a irmã do faraó. Moisés decide ir até o palácio para falar com Ramsés. Apuki ameaça expulsar Ana e Judite de casa. O feitor diz que elas devem renegar o Deus dos hebreus para permanecerem vivendo sob o mesmo teto. Meryt e Hori não entendem o motivo de Ana e Judite terem sido expulsas. Ramsés observa a aproximação de Moisés. O hebreu se dirige aos oficiais e pede para entrar no palácio. O faraó surge no portão e manda Moisés sumir dali. O libertador pede para o rei soltar Henutmire. Ramsés aperta o pescoço de Moisés com a espada e ameaça matá-lo.

Capitulo 154, sexta-feira, 23 de fevereiro – Ramsés atira a espada longe e vai embora furioso. O faraó desconta sua raiva em Nefertari e Amenhotep. Ikeni encontra Bakenmut no corredor do palácio e conta sobre o impasse entre Moisés e o rei. O libertador dos hebreus chega em casa e conta que foi ameaçado de morte por Ramsés. Leila descobre que Henutmire está sendo impedida de receber comida. Yunet e Bakenmut dizem que gostariam de ver Moisés morto. O profeta afirma que irá libertar Henutmire. Abigail sente-se mal novamente e todos ficam esperançosos com possível gravidez. Ana e Judite discutem com Apuki e Jairo. Meketre tenta confortar Tais, que lamenta a ausência de suas damas de confiança. Moises conta para Arão sobre a prisão de Henutmire. Zelofeade se emociona e agradece a Deus pelo filho que virá. Datã se declara para Safira e eles se beijam. Uri e Leila têm novo desentendimento. Em conversa com Hur, Bezalel diz não acreditar que Uri prefira viver longe da família. Ramsés visita Henutmire na cela e diz que não vai ceder ao pedido do libertador dos hebreus. Deus fala novamente com Moisés e avisa que novas pragas estão por vir. Oseias fala sobre seu plano de libertar a princesa. Ramsés pede perdão a Amenhotep. Moisés diz saber de um lugar onde possa encontrar com o faraó. Eliseba se surpreende ao perceber quer Miriã ainda gosta de Hur. Gahiji pede para falar com Ramsés. O cozinheiro avisa que Henutmire está passando fome na cela. Ansioso, Bezalel faz planos para o casamento com Deborah. Datã e Abirão provocam Corá. Amenhotep avisa ao avô que Ramsés não libertará os escravos. Arão pede para os hebreus manterem a fé. Bakenmut se espanta com a frieza de Yunet. Moises encontra com o rei à beira do rio Nilo. Ramsés diz que se as pragas continuarem quem pagará será Henutmire.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo