sábado, 14 de julho de 2018

Resumo da novela Os Dez Mandamentos de 16 a 20 de julho de 2018

Capitulo 060, segunda-feira, 16 de julho – Arão fica emocionado quando Moisés lhe mostra o milagre de Deus. Ilan é cuidado de forma orgulhosa por Safira. Ela é pedida, sem voltas, em casamento por Eldade, que chega tenso. Se declaram Josué e Ana. Mortos estão Miriã e Hur. As crianças se tornam adultos e formam as próprias famílias, após 38 anos. Já com filhos, os filhos de Simut e Jerusa são olhados felizes pelos pais. Eli e Rebecca estão com as filhas de Abigail e Zelofeade e com seus pais, Deborah e Bezalel. Natan encontra Zípora e Moisés depois de muitos anos. Em Hesbom, em uma barraca próspera estão Eva e os pais, Jair e Talita. Após passar mal, desmaia Lemuel. Cosby tem seu retorno ao palácio negado por Balaque após pedido de Betânia. Jaque, Jerusa e Damarina se espantam quando Sara conta que Adira está em Hesbom. À beira da morte, Lemuel conta a Leila que Baraquias é seu filho. Ana é lembrada por seus momentos ao lado de Josué por ele. Os ossos de Jetro serão enterrados em Midiã, avisa Moisés. Adira diz que não vai desistir de procurar por Haya e Abner em conversa com Oren. Todos os filhos de Balaque caíram doentes fica sabendo Elda. As palavras de Balaão estão se cumprindo afirma o rei depois de saber o que Elda lhe contou. Para tomarem conta do acampamento, ficam Arão e Josué. Josué orienta os hebreus quando eles treinam espadas, em duplas. Em Midiã, na frente da casa de Jetro, Moisés e os familiares se emocionam quando chegam. Betânia é avisada por Emma que no palácio está Cosby. Cosby é a sacerdotisa que está no centro quando o ritual termina. A filha de Betânia não lhe recebe com o mesmo entusiasmo quando ela chega para abraçá-la. Cosby diz acreditar em outros deuses ao perder a paciência com a mãe. Os filhos de Balaque morrem e causam pavor no rei. Ao lembrar que ninguém sabe a causa da morte de Ana para Calebe, Josué se emociona. Passa mais um tempo. Sem água, o povo diz que seria melhor ter ficado no Egito do que morrer no deserto como animais e murmura para Moisés e Arão. Deus fala com eles quando a nuvem em cima do tabernáculo vira fogo. A água jorra em uma rocha quando, em momento de raiva, Moisés, bate duas vezes e com força a ponta do cajado. Moisés é questionado porque bateu na rocha se era para apenas falar com ela, por Deus. Para a Terra Prometida, não são permitidos conduzir o povo Arão e Moisés por aviso de Deus. Da família se despede Arão. Acompanhado de Moisés e Eleazar, Arão sobe o Monte Hor. Para conhecer Deus, ele diz estar pronto. No alto do Monte Hor, Arão se despede de Moisés e Eleazar. Moisés veste Eleazar com as roupas do irmão. O Libertador escreve sobre a morte de Arão. Algum tempo se passa e Moisés diz palavras de força e apoio aos guerreiros hebreus. Seom reúne outros reis de reinos próximos para traçarem uma estratégia contra o povo hebreu. O rei de Hesbom diz ter um trunfo. Ele avisa que a esposa de Oren é cunhada de Moisés.Zur avisa ao rei Balaque e à rainha Elda sobre a aproximação dos guerreiros hebreus. Deborah se mostra preocupada com a ida de Eli ao combate. Oren tenta convencer Seom a desistir de guerrear contra o povo hebreu. Moisés se reúne com Calebe e Josué. Eles decidem que Hesbom é o próximo lugar a ser invadido. Moisés avisa que quer Adira viva. Oren avisa ao filho Ezequiel sobre o perigo que Adira está correndo. Iru debocha do jeito como Otniel treina com a espada. Adira questiona Oren sobre a decisão do rei de lutar contra o povo de Moisés. Ezequiel avisa à Leila sobre a aproximação dos hebreus. Em conversa com Noemi, Joana diz que sente um conforto por saber que Arão está junto de Deus. Adira suplica a Oren para que fujam em direção ao acampamento dos hebreus. O rei Balaque deixa Betânia tensa ao dizer que precisará chamar Balaão. Gahiji pede para Bezalel manter a fé pois eles encontrarão Leila. Oren surpreende Leila e Baraquias ao avisar que fugirão de Hesbom para encontrar os hebreus. Eleazer conversa com Inês e diz que é uma responsabilidade e tanto assumir a função de sumo sacerdote. Zípora diz estar ansiosa para reencontrar suas irmãs e sobrinhos. Moisés diz sábias palavras a Josué.


Capitulo 061, terça-feira, 17 de julho – Betânia alerta Cosby sobre o caráter de Balaão. A menina a desrespeita e Betânia lhe dá um tapa no rosto. A irmã de Zípora se arrepende, mas Cosby sai furiosa. Usando capuzes, Adira, Leila e Baraquias caminham apressados pelas ruas de Hesbom. Ezequiel se junta aos guardas que vigiam a saída da cidade. Bezalel lamenta a ausência de Leila e é consolado por Deborah. Oren chega ao portão de saída de Hesbom e ordena que os Oficiais deixem o local, exceto Ezequiel e mais três. O general faz sinal para Adira passar com Leila e Baraquias, mas, de repente, outros soldados surgem e barram a saída deles. Oren, Ezequiel, e os três Oficiais aliados sacam rapidamente as espadas. O general grita ordenando que Adira, os seus fujam. Eles começam a lutar contra os soldados do rei. Adira, Leila e Baraquias aproveitam o momento e fogem em direção à saída da cidade. O combate continua. Dois Oficias aliados de Oren são mortos. O general e Ezequiel lutam em desvantagem. Adira hesita em permanecer na fuga, mas Leila e Baraquias avisam que é preciso continuar. Abner diz a Zur que lutará contra os hebreus. Oren segue lutando enquanto Ezequiel é ferido na perna. Depois de derrotar os Oficiais do rei, o general tenta socorrer o filho. O rei Balaque ordena que Zur traga Balaão ao palácio para destruir Moisés. No acampamento, os hebreus cantam louvando a Deus em volta da fogueira. Oren leva o filho ferido até a casa de Jair. O rei é informado sobre a fuga de Oren e seus familiares. Adira, Leila e Baraquias chegam ao acampamento dos hebreus. Gahiji se emociona ao rever sua amada. Oren, Talita e Jair tentam salvar a vida de Ezequiel. Gahiji e Leila se abraçam emocionados. Ele agradece a Deus por reencontra-la. Adira abraça Gerson e Eliezer. Seom avisa que Oren pagará caro por ter lhe traído. Leila apresenta Baraquias a Gahiji. Em seguida ela abraça as filhas de Abigail e Zelofeade. Eliezer dá notícias para Adira sobre os seus filhos. Zípora e Moisés se emocionam ao reencontra-la. Bezalel chora de emoção ao reencontrar sua mãe. Leila se emociona ao reencontrar os filhos de Bezalel e Deborah. Baraquias é apresentado ao irmão. Leila recebe a notícia da morte de Abigail e fica impactada. Bezalel diz imaginar o quanto sua mãe pode ter sofrido. Leila começa a contar toda sua trajetória depois de ter sido sequestrada. Adira descobre que Ada morreu tragicamente. A irmã de Zípora implora para Moisés ajudar a encontrar Oren e Ezequiel. Enquanto são amparados pela família de Jair, Oren se preocupa como estado de saúde de Ezequiel. Decidido, o rei Balaque ordena que tragam Balaão ao palácio. Josué se surpreende ao ouvir Calebe dizer que Leila e Adira estão no acampamento. Safira diz estar feliz por Zípora ter reencontrado a irmã. Fineas teme a reação do rei. Calebe avisa que os hebreus precisam estar preparados para tudo. Moisés tranquiliza Adira dizendo que enviará uma comitiva para se informar sobre Oren e Ezequiel. Seom é avisado sobre a chegada dos hebreus no palácio. Revoltado, Abner confessa à Haya que sempre viveu bem sem os parentes hebreus. Oren, Jair e Talita seguem cuidando de Ezequiel. Josué, Calebe e Quenaz tentam negociar com o rei. Firme, Seom diz que impedirá a passagem do povo hebreu por Hesbom. Escondido, Abner presencia a conversa entre Zur e Elda. Ele se enche de ódio ao descobrir que Adira sempre tentou se comunicar por cartas. Josué avisa a Moisés sobre a decisão de Seom. O libertador ordena que o sobrinho reúna os homens. Leila fica aflita ao saber que Baraquias guerreará. Quenaz pede a Otniel para não ir à guerra, pois ele será mais útil protegendo o acampamento. Ezequiel começa a se recuperar do ferimento. Oren se espanta ao saber que o exército do rei enfrentará os hebreus. Ao saber do impasse entre Seom e os hebreus, Adira teme pela vida de Oren e Ezequiel.

Capitulo 062, quarta-feira, 18 de julho – O rei observa a aproximação do exército hebreu. Josué lidera os homens rumo à Hesbom e os incentiva com palavras de fé. Seom grita pedindo aos amorreus para massacrarem os hebreus. Josué avisa que chegou a hora e manda seus homens avançarem. Enquanto treina com espada, Zur e surpreendido com a chegada de Abner. Eles começam a travar uma luta. Abner o questiona sobre as cartas enviadas por Adira. Zur acaba confessando e o provoca. Abner encosta aponta de sua espada na garganta de Zur, mas não tem coragem de matá-lo. Os hebreus iniciam o confronto contra o povo amorreu. O rei Seom observa a batalha. No acampamento, Leila segue reencontrando os outros hebreus. Adira se mostra confiante no poder de Deus. Os hebreus começam a levar vantagem no combate contra os soldados de Hesbom. Calebe avisa a Josué sobre a aproximação de um soldado inimigo e ele consegue se defender. Quenaz percebe que Iru está em perigo e consegue salvá-lo. Os soldados amorreus começam a recuar. Seom se mostra assustado. Betânia descobre que adira está viva e que Zur escondeu suas cartas o tempo todo. Zur conta a Elda sobre a descoberta de Abner. O rei Seom se apavora ao notar o avanço dos hebreus. Josué se aproxima de Seom e manda o rei se entregar. Seom diz que nunca se entregará e parte para cima de Josué. O guerreiro hebreu enfia uma espada em Seom, que cai morto. Os hebreus tomam a cidade de Hesbom. Alguns oficiais amorreus pedem clemência. Josué discursa ao povo de Hesbom. Ele avisa que o rei Seom está morto. Oren e Ezequiel são surpreendidos com a chegada de Baraquias. Josué e os outros hebreus comemoram a conquista de Hesbom. Oren descobre que o rei Seom esta morto. Ele pede para Ezequiel aguardar na casa de Jair enquanto buscam Adira. A irmã de Zípora fica angustiada para receber notícias da guerra. Inconformada, Betânia esbraveja com Zur por ele ter escondido as cartas de Adira. A princesa Aviva interrompe a conversa deixando-os na saia justa. Josué avisa a Moisés sobre a conquista de Hesbom. O Libertador parabeniza o sobrinho pela vitória. Zur disfarça e engana Aviva. Betânia não gosta de saber que ele sairá em busca de Balaão. Os soldados hebreus reencontram seus amigos e familiares no acampamento. Oren é apresentado a Gerson e Eliezer. Safira se emociona ao reencontrar Ilan. Adira e Oren finalmente se abraçam. Ela se tranquiliza ao saber que Ezequiel está bem. Balaque se despede de Zur e pede para não decepcioná-lo na busca a Balaão. O rei e a rainha Elda se impressionam ao descobrirem que os hebreus tomaram a cidade de Hesbom. Oren conhece Moisés e se oferece para lutar ao lado dos hebreus. Anoitece em Hesbom e Adira reencontra Ezequiel na casa de Jair. Bezalel e Baraquias conversam e trocam palavras de afeto. Em conversa com Leila, Gahiji dá noticias de Chibale e Radina. Zur segue a procura de Balaão. Abner desabafa com Betânia e diz que não pertence a povo algum. Iru avisa a Moisés sobre a aproximação de um exército inimigo. Oren diz para Adira que seguirá defendendo o povo hebreu. Betânia se decepciona ao saber que Cosby realizará sacrifícios ao deus Baal. Zur encontra Balaão.

Capitulo 063, quinta-feira, 19 de julho – Deus pede para Moisés não ter medo. Zur pede para Balaão proteger seu povo contra os hebreus e oferece um baú com joias e riquezas ao feiticeiro. Balaão pede um tempo para responder. Oren alerta os hebreus sobre o exército do gigante rei Ogue. Moisés os tranquiliza ao dizer que falou com o Senhor. Betânia se decepciona ao ver o estado como a filha Cosby retornou do ritual. Adira e Zípora lamentam a ausência de Betânia. Jair e Talita trocam palavras de amor. Ezequiel agradece os cuidados de Eva e a elogia. Balaão diz que não amaldiçoará os hebreus. Preocupado, Zur observa o feiticeiro voltar para o interior da caverna.

Capitulo 064, sexta-feira, 20 de julho - O exército do gigante rei Ogue se aproxima dos hebreus. Josué encoraja os soldados de Israel. Os dois exércitos partem par ao confronto. Com escudos, os hebreus se defendem de flechadas.Um soldado hebreu é ferido. Josué avança contra os inimigos. Balaque se enfurece ao descobrir que Balaão não os defenderá contra o povo hebreu. O exército de Israel continua confrontando os soldados do rei Ogue. Josué, bravamente, consegue matar um soldado inimigo. Oren salva Baraquias de um ataque. Josué leva a melhor contra os oponentes. O rei Ogue se irrita e parte para cima do guerreiro hebreu. Os soldados de Israel se assustam com o gigantismo do rei. Impotentes, Calebe e Quenaz observam Ogue se aproximar de Josué. Um soldado hebreu tenta atacar o rei, mas é esmagado com um golpe. O gigante Ogue avança com tudo na direção de Josué.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

  ©Noticias da tv brasileira - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo